domingo, 20 de agosto de 2017

Janela Entreaberta



Pela janela entreaberta do céu me encontro a contemplar,
a beleza complexa e singela que paira no ar.
Uma infinidão de dúvidas,
e um brilho sem igual.
Sentindo na pele uma sensação descomunal.
Deixando o pensamento simplório de lado,
e seguindo a devanear.
Na imensidão de sentimentos,
nos mais complexos pensamentos em que posso me encontrar.

Jr Ramone

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Resplandecente




Vejo as luzes da cidade, e sinto a falta do luar.
Da natureza,  das estrelas,
E da luz do seu olhar.
Rodando e girando,
Não paro de caminhar,
Em caminho aos teus braços,  contínuo a buscar.
Aquela luz reluzente,
Outrora tão carente.
Mas que sempre me faz lembrar,
tudo de uma maneira resplandecente,
Onde posso me amparar.


 Jr Ramone

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Deixa Estar





E eu que dançava no silêncio, e gostava do estrago.
 Hoje vejo o que passou, vejo que a vida não deixa barato.
 O caminho das pedras ficou para trás,
e o Pierrot sem a colombina descansa em paz.
Sem aquela pose dos anos 90,
mas sentimental como ninguém pode ser.
De frente a um espelho vejo, a condição que é não poder te ter.
Deixo tudo isso de lado,
E resolvo seguir sem olhar para o passado.


Jr Ramone

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Fim Da Linha






 Com a intensidade de um trem e a beleza de um marfim,
Ser atropelado é ideal para o meu fim.
A silhueta encantadora E o brilho no olhar,
Seguirei por esse túnel sem nem mesmo
hesitar.
E como não se deixar levar,
Como não me encantar?
Com tamanha perfeição que a natureza veio a criar.
E se o fim não estiver próximo, Ou se eu não aguentar,
outra vida viverei, Só para poder te amar.

Jr Ramone

Maktub





O amor que eu sentia,
hoje já não o quero mais.
Dia e noite, noite e dia,
ele carrega minha paz.
Se possível o empalaria,
o jogaria com os demais...
Com os infortúnios que um dia,
deixei jogados para trás.
No passado de minha vida,
que não pretendo que volte mais.
Se preciso clamo a deus,
para que meu coração fique em paz.


 Jr Ramone

sábado, 5 de março de 2016

Espirito Errante




Em um abismo de sofrimento,
Perdido em meus própios pensamentos.
Nada se distingue nada é real,
Já não vejo diferença entre o bem e o mal.
O que parecia certo já não é mais,
 O que era errado irradia certa paz.
O espírito já não anseia por descansar,
Agora deseja vagar a eternidade sem parar.
A morte deixou de ser uma preocupação,
E a vida só me vem a causar perturbação.


Bendita Bohemia




Mais uma garrafa de ilusão,
mais um pouco de câncer para o pulmão.
À noite bebendo solidão,
E o dia se acabando em exaustão.
Mais uma dose de cirrose, por favor,
e mais uma mancha no pulmão para simbolizar o meu amor.
É mais fácil viver assim,
Uma garrafa de vinho e um maço de cigarros para mim.
Uma dose de realidade às vezes cai bem,
pena q ela nunca vêm quando nos convém.